Programa 15.000 livros do OpenEdition Books

Convite à apresentação de propostas para a digitalização, codificação e edição eletrónica de obras de ciências sociais e humanas

O OpenEdition lança um convite à apresentação de propostas dirigido às publicações universitárias, às editoras públicas e privadas e às sociedades científicas que publiquem obras de grande qualidade na área das ciências sociais e humanas e que pretendam divulgar parte do seu catálogo em acesso livre. Esta proposta abrange a digitalização, a colocação online e a divulgação de obras na futura plataforma «OpenEdition Books». O programa é promovido pelo Centro para a edição eletrónica aberta (Cléo), uma entidade pública sem fins lucrativos financiada pelo Estado francês. Este tem por ambição criar uma biblioteca internacional para as humanidades digitais e, para tal, incentiva as editoras a desenvolverem o acesso livre a longo prazo.

Aderir ao OpenEdition Books é:

  • Juntar-se ao ecossistema do OpenEdition, um dos primeiros portais de edição eletrónica europeus, que inclui plataformas de grande renome: Revues.org, Calenda e Hypothèses. Estes três sites recebem cerca de 3 milhões de visitas mensais de todo o mundo.
  • Estar integrado numa plataforma que será progressivamente dotada de 15.000 obras. O nosso programa valorizará todas as áreas culturais, todos os períodos históricos e a maior parte das línguas científicas. O objetivo do OpenEdition Books resume-se na seguinte divisa: «Compreender o mundo, em todas as línguas».
  • Participar num programa inovador, que está a desenvolver um verdadeiro modelo económico para o acesso livre. O programa, denominado OpenEdition Freemium, consiste na comercialização de serviços e produtos derivados com base numa obra em acesso livre. Deste modo, os utilizadores das bibliotecas aderentes – e apenas estes – poderão efetuar o download em formatos destacáveis (PDF, ePub e Mobi) dos livros divulgados em acesso livre em formato HTML (legíveis num browser). Os restantes utilizadores poderão comprar estes formatos à unidade, nos sites de mais de uma centena de livrarias eletrónicas (iBookstore, Amazon, etc.).
  • O concurso está aberto a todas as línguas; no entanto, serão particularmente apreciadas publicações nos seguintes idiomas: francês, inglês, alemão, espanhol, português, italiano e árabe.
  • As obras abarcarão as Artes, as Letras, as Ciências Sociais e as Ciências Humanas em sentido lato. Tal significa que poderão incidir sobre o ambiente ou a saúde, nomeadamente.
  • As obras serão sujeitas a uma avaliação técnica e científica.
  • Pelo menos 50% das obras serão divulgadas em acesso livre.
  • Serão apresentadas propostas comerciais de todas as obras às bibliotecas e às livrarias eletrónicas.
  • Dar-se-á preferência às monografias em detrimento das obras coletivas. No âmbito deste concurso, não serão aceites atas de colóquios ou de jornadas de estudo, bibliografias, relatórios de escavações e publicações periódicas, salvo raras exceções.

Elegibilidade e difusão

Uma iniciativa pública sem fins lucrativos

O OpenEdition é desenvolvido pelo Centro para a edição eletrónica aberta (Cléo), uma iniciativa apoiada pelo Ministério do Ensino Superior e da Investigação francês (Bibliothèque scientifique numérique – Biblioteca científica digital) e por quatro instituições francesas de alto nível: o Centre national de la recherche scientifique (CNRS), a Aix-Marseille Université (AMU), a École des hautes études en sciences sociales (EHESS) e a Université d’Avignon. É ainda financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian e pelo programa Google Grant for Digital Humanities. Atualmente, o Cléo disponibiliza três plataformas complementares de publicação e de comunicação na área das ciências sociais e humanas:

  • Revues.org: fundada em 1999, divulga mais de 350 revistas, ou seja, 80.000 artigos em acesso livre (direto ou diferido);
  • Calenda: fundada em 2000, divulga mais de 19.000 programas de eventos científicos;
  • Hypothèses: fundada em 2008, divulga mais de 500 cadernos de investigação, ou seja, 35.000 posts.

Estas três plataformas constituem o portal OpenEdition, o qual recebe à volta de 3 milhões de visitantes por mês ao disponibilizar conteúdos em cerca de dez idiomas de publicações provenientes de aproximadamente vinte países. Antes do final de 2012, a plataforma de livros OpenEdition Books virá juntar-se a este conjunto para constituir uma biblioteca digital completa de ciências sociais e humanas.

Uma iniciativa de excelência financiada a longo prazo

Desde fevereiro de 2012 que o Cléo recebe o prémio dos Equipamentos de excelência (certificaçãoEquipex). Um júri internacional e o Ministério do Ensino Superior e da Investigação francês reconhecem, assim, o OpenEdition como uma área estratégica da investigação e da inovação. No âmbito do programa, o OpenEdition receberá 7 milhões de euros ao longo de oito anos (2012-2019) para criar uma biblioteca internacional para a edição em acesso livre e para as humanidades digitais.

O projeto é promovido pelo Centro para a edição eletrónica aberta (Cléo Marselha, Paris e Lisboa), em parceria com o Centre pour la communication scientifique directe (CCSD Lyon), o Laboratoire des sciences de l’information et des systèmes (LSIS-CNRS Marselha), o Roy Rosenzweig Center for History and New Media (CHNM Washington) e o Open Access Publishing in European Networks (Oapen Haia).

Contatos

Se desejar obter mais informações, agradecemos que nos contate através do endereço publishers@openedition.org.

Baixe o texto em formato pdf
Leia o texto em Inglês
Leia o texto em francês

 

 


Vous aimerez aussi...

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

Ce site utilise Akismet pour réduire les indésirables. En savoir plus sur comment les données de vos commentaires sont utilisées.